Franja: saiba escolher a certa

0
1442

Entra ano sai ano, a moda muda, as tendências se modificam, mas tem coisas que prevalecem ao tempo: a franja é uma delas.

O tempo passa e a franja sempre acaba caindo no gosto das clientes. Elas são versáteis, emolduram melhor o rosto, além de serem muito estilosas.

Porém, nem todo mundo fica bem de franja, e você, como cabelereiro ou consultor, tem sempre que indicar o melhor para sua cliente. Mesmo que isso vá contra uma vontade dela, seu dever é alertar.

As franjas também não são indicadas para quem não gosta de perder tempo arrumando o cabelo. Elas devem estar sempre bem alinhadas, escovadas e requerem manutenção de corte a cada 30 dias, dependendo no tipo de franja.

franjas

A recomendação é de que as franjas sejam utilizadas por três tipos de rosto:

Rosto arredondado: franjas com cortes laterais que criam uma ilusão de que o rosto está mais fino. Aqui, vale também apostar nas pontas desfiadas para criar mais movimento.

Rosto quadrado: mais fácil de combinar com vários tipos de franja. Porém, para não errar, aposte no corte na altura dos olhos ou nariz.

Rosto fino: para criar mais forma e disfarçar o alongamento as franjinhas são as mais indicadas para quem tem esse tipo de rosto.

Quanto mais você conhecer sobre as características e tipos de rostos e cabelo, mais perto vai chegar da satisfação de sua cliente. Nem sempre o que a cliente quer em um primeiro momento, é o que será melhor pra ela.

Saiba avaliar, e apresentar a melhor solução. Isso só trará credibilidade ao seu trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA