terça-feira, 18 maio, 2021

Como saber qual o shampoo certo?

Para um cabelo saudável, um dos primeiros passos é saber como escolher o shampoo certo para o seu tipo de cabelo. Para isso é necessário conhecer o tipo de fio e saber as necessidades dele, por exemplo, ele é seco, oleoso, sem brilho etc. Um bom shampoo é aquele que limpa sem ressecar os fios e sem deixar o couro cabeludo oleoso. Confira agora qual o melhor produto para cada os tipo de cabelo: 

  • Cabelo liso

Esse tipo de cabelo possui uma hidratação maior, comparando com os demais, não precisando de tantos nutrientes e hidratantes. Por conta disso, é importante prestar atenção no rótulo do produto se ele é para cabelo fino ou grosso para não exagerar na lavagem. 

  • Cabelo cacheado

Os fios cacheados precisam de maiores cuidados porque se não tiverem a hidratação necessária, podem ficar sem vida. Para isso, a melhor escolha é shampoos com proteínas, pantenol e sempre complementando com uma máscara hidratante.

  • Cabelo oleoso

Quem tem o couro cabeludo muito oleoso pode sofrer de  dermatite que é a descamação do couro cabeludo. Se esse for o caso da sua cliente, indique que ela procure um médico para que ele indique a ela um shampoo. Mas se não houver descamação, opte por um shampoo antirresíduos com ativos como arnica, chá verde, ou menta. 

  • Cabelos tingidos

Esses tipos de cabelo já são naturalmente agredidos por conta da química que sofreram, tendo a tendência a ser mais quebradiços. O ideal é reforçar a reposição de nutrientes para renovar a fibra capilar. Vale lembrar que cada caso é um caso e as escolhas podem variar muito, portanto, alerte que a ida ao dermatologista é essencial para que ele indique o tratamento adequado.

5 formas de facilitar na hora de limpar o esmalte das unhas

A hora de limpar o esmalte das unhas pode ser a parte mais demorada e chata, principalmente quando caprichamos na produção das unhas , seja na escolha da cor ou em algumas decorações.

Para te ajudar, trouxemos dicas valiosíssimas que te ajudarão nesse processo, sendo que não é preciso tanto esforço e nem ficar com resquícios de esmaltes nas unhas ou embaixo das mesmas.

  • Use cola branca

Para te ajudar a não borrar o esmalte, passe uma camada de cola nos cantos das unhas da sua cliente  antes de começar a pintar ( não esqueça de esperar secar a cola!). 

Desta maneira, o esmalte ficará então colado diretamente na cola, sendo que depois de colorir as unhas e esperar secar, apenas retire aquela casquinha que se formou, e pronto, a partir daí já retirou esmalte das unhas sem remover!

  • Uso de vaselina: 

A vaselina cria uma barreira para que o esmalte não entre em contato diretamente com sua pele, sendo assim, para aplicar faça uso de um cotonete ou palito de laranjeira e aplique então bem nos cantos.

Depois de terminar, então é o momento de limpar muito bem a superfície de suas unhas, isso antes de começar a pintar para que esse esmalte fixe perfeitamente. 

Além disso, a vaselina ajuda a hidratar suas unhas por completo, evitando que a mesma fique exposta. 

  • Use papel alumínio 

Sabemos que para retirar esmaltação com glitter é muito mais complicado porém com essa técnica, não tem erro!  Sendo assim, deixe as unhas de molho removedor e papel alumínio por um tempo, logo o esmalte vai derreter e sair das unhas em apenas um passo.

Para fazer: pegue 10 pedaços de algodão e mais 10 de alumínio, sendo que cada um deve ser usado para cada unha. Depois umedeça esses pedaços de algodão com removedor, e então enrole-os em todas suas unhas, logo depois cubra seus dedos com papel alumínio isso evitará que o removedor em questão evapore.

  • Limpar o esmalte das unhas com óleo corporal

Um excelente aliado para não deixar vestígios de esmaltes nos dedos é alguns óleos corporais. Massageie suas unhas e cutículas com óleo e então espere alguns minutos para que essa região fique bastante maleável.

Depois passe aquele algodão com removedor, faça movimentos de baixo para cima, e jamais para os lados, afinal isso mancha a pele!

  • Óleo secante ajuda na remoção com removedor

Para aqueles que não sabem, o óleo secante pode ajudar a remover os borrados muito rapidamente, isso porque o mesmo amolece o esmalte que ficou grudado nas cutículas.

Como escolher o blush para cada tipo de pele

Uma tarefa que parece ser simples mas no final das contas se torna algo fácil de dar errado é na hora de escolher o blush. Isso porque é preciso também pensar no tom de pele para encontrar o produto que fique o mais natural possível.

Se você maquiador, fica na dúvida quando vai maquiar seu cliente, confira as dicas a seguir: 

Entenda o tipo de pele:

Para que você entenda como escolher blush, antes de mais nada é importante saber o tipo de pele do cliente para encontrar a textura de produto que a valorize e se adeque melhor.

  • Pele oleosa: o blush ideal para esse tipo de pele é o em pó, que não vai deixar um brilho excessivo na pele. Então dê preferência aos produtos em pó e matte;
  • Pele normal: Qualquer tipo de blush pode ser usado nesse tipo de pele, até lip tint, que fica sequinho e com aparência hidratada;
  • Pele seca: É recomendado blushes mais luminosos, principalmente, o blush cremoso, que vai devolver a luminosidade que não tem nessa pele, além disso, ele dá um brilho de hidratação. O lip tint também é bom. Se quiser apostar no blush em pó, prefira com brilho, porém, a pele tem de estar bem hidratada para não marcar os poros.

Tons de pele

Pele negra: prefira os mais pigmentados e avermelhados, como tons de ameixa, que vão aparecer mais. Opte sempre por blushes com mais pigmento concentrado;

Pele branca: os mais rosados e pêssegos são os meus favoritos;

Pele amarelada: os alaranjados funcionam muito bem, porque dão uma esquentada no tom da pele;

Pele morena: os tons de bronze, terrosos, alaranjados e até o rosa mais queimado são ótimas escolhas.

Essas são apenas dicas que combinam com determinados tons e  tipos de pele, e nada lhe impede de a pessoa usar um blush que  você  prefira em suas aplicações.

Unhas postiças e de acrigel fazem mal à saúde?

As unhas postiças e de acrigel são uma oportunidade que as pessoas têm de ter unhas bem grandes e saudáveis, na verdade, sabemos que a maioria das pessoas não conseguem manter unhas grandes justamente devido ao hábito de roer unhas ou por questões genéticas.

Por conta disso,  muitas mulheres acabam optando pela extensão de acrigel ou ainda para unhas postiças, mas a partir daí, pode surgir alguns receios justamente em relação à eficácia desses métodos e quais seriam as melhores opções para mantê-las, até porque muitas pessoas tem medo de que elas façam mal para a saúde.  

Quais são as vantagens e desvantagens de ter unhas postiças e acrigel

Realmente ter unhas postiças e de acrigel, acaba sendo um dos métodos mais rápidos e práticos de ter unhas grandes e com aspecto mais saudável, mas atenção! É importante tomar alguns cuidados, sendo que entre os mesmos podemos destacar os seguintes:

  • Verifique se a cliente não tem alergia ao material usado; 
  • Tome cuidado com a cola utilizada, sendo que você deve evitar produtos que realmente não sejam específicos, já que os mesmos podem conter muitas substâncias tóxicas e que também não são indicadas para uso humano;
  • Procure sempre deixar sua unha respirar por um tempo, ou seja , não é recomendado o uso frequente das unhas porque o mesmo pode ocasionar  perda de brilho, proliferação de fungos e ainda feridas.

Conheça algumas dicas infalíveis para manter suas unhas de gel

Uma das maiores vantagens para as mulheres que são adeptas dessas técnicas é o tempo de duração, que é em torno de 20 dias. Mas entenda que é preciso lembrar da necessidade de uma manutenção adequada, sendo que desta forma as unhas acrigel realmente ficam mais bonitas e até mesmo dura por muito mais tempo.

  • Evite sempre retirar o gel em casa: entenda que o ideal é fazer sua manutenção de unhas com profissionais especializados;
  • Procure sempre manter a distância de produtos químicos e então utilize luvas no caso de itens de limpeza;
  • Procure não usar acetona, sempre prefira os removedores de esmaltes;
  • Sempre tome cuidado para não bater suas unhas de forma muito brusca, principalmente o alongamento da ponta de sua unha;

O ideal é sempre tomar cuidado para não deixar as unhas fazerem mal para sua saúde, pois podem ficar com fungos e problemas decorrentes disso.

Maquiador profissional – Onde trabalhar?

Com o mercado cada vez mais competitivo o mundo dos maquiadores profissionais exige cada vez mais conhecimento, experiência e habilidades, além de constantes investimentos em estudos e qualificação.

Hoje não há formação mínima ou específica exigida para atuar como maquiador. Porém existem diversos cursos que ajudam a se capacitar: cursos profissionalizantes ou de atualização, workshops com profissionais de referência, feiras e congressos de beleza que com certeza irão contribuir para uma atuação cada vez mais profissional.

Há várias especialidades na atuação como maquiador profissional que você poderá se especializar e buscar por oportunidades de trabalho. 

  • Maquiador autônomo —  Podendo atuar em sua própria casa, montando um pequeno espaço destinado à maquiagem ou montando uma maleta com todos os seus produtos e ferramentas de maquiagem para atendimento em domicílio, atendendo demanda de festas e eventos.
  • Maquiador de casamentos — Considerada uma das atuações mais lucrativa, você pode trabalhar atuando em salões de beleza, em casa, em seu próprio atelier de maquiagem ou diretamente no local do evento. Podendo atuar com pacotes para atendimento de noivas e madrinhas, atendendo convidados no local do evento, retocando a maquiagem borrada com as lágrimas das emoções. 
  • Cinema, teatro –  A atuação com maquiagem artística é um caminho que pode ser muito promissor nessas áreas, porém exige especialização e conhecimento de técnicas específicas. Ainda sim, artística ou básica, a maquiagem é um fator extremamente importante para as áreas em questão sendo fundamental na composição e caracterização dos personagens. 
  • Desfiles de moda – Os desfiles de moda são importantes para que profissional desta área mostre todo seu trabalho. A maquiagem nesse caso acaba compondo toda a apresentação que uma marca ou estilista deseja mostrar. É importante que a beleza da modelo não sobressaia a beleza roupas ou acessórios que serão apresentados. Por isso, o maquiador se faz importante, criando um padrão de maquiagem de maneira a destacar os produtos apresentados.
  • Espaços de beleza e estética – Geralmente as pessoas que procuram um profissional de maquiagem vão a espaços de beleza, muitas vezes buscando consumir, além da maquiagem, outros serviços como manicure e cabeleireiro ou procedimentos de cuidados com a pele. Optando por estes espaços por concentrar muitos serviços e procedimentos em um único lugar.
  • Fotografia e TV – Seja na novela, no jornalismo, em programas diversos ou em ensaios fotográficos, a maquiagem é de extrema importância. Um dos fatores que exigem os serviços de um maquiador são as luzes do estúdio, que fazem a pele brilhar e muitas vezes transpirar, não deixando uma aparência agradável em frente às câmeras. Além da necessidade de corrigir imperfeições, retirar ou reduzir olheiras, entre muitas outras situações que podem surgir na hora da gravação ou fotografia.
  • Consultor de beleza – Atuação na consultoria de imagem pessoal, dar dicas em blog ou ter um canal profissional no YouTube, fazer parcerias com hotéis, clínicas e pousadas, atuar na representação e desenvolvimento de produtos são mais alguns dos caminhos que o maquiador pode trilhar.

 Use a criatividade e desbrave o mercado de trabalho atuando com suas habilidades de maquiador. Mas lembre-se é importante para o profissional estar sempre se reinventando, inovando e aprendendo técnicas variadas, o que poderá  ser um diferencial  no mercado de trabalho.

Massagem: uma aliada para combater o estresse

Conheça um pouco da técnica havaiana Lomi Lomi, que devolve a energia perdida no dia a dia. Equilibra corpo, mente e espírito – além de relaxar.
 Por Márcia Moreno

Massagem Lomi Lomi

A massagem é uma das mais antigas práticas terapêuticas e as diferentes técnicas estão ganhando espaço no mercado da estética e bem-estar. A vida agitada das grandes cidades traz tensão e estresse para as pessoas. A massagem deveria ser um hábito na vida das pessoas – por proporcionar conforto, conhecimento corporal, diminuir ansiedade e tensões acumuladas. E justamente, por ter estas qualidades, que muitas pessoas têm buscado massagens “diferentes”. Acredito que as esteticistas que gostam de tratamento corporal e de técnica manual, devem investir em cursos que propiciem novos conhecimentos nesta área. Quando eu fui para Fiuggi, na Itália, com outras alunas da Anhembi Morumbi, para um curso de técnicas de SPA, me apaixonei pela Lomi Lomi – uma massagem havaiana. Quando voltei ao Brasil, procurei outros cursos da mesma massagem para me aprofundar mais e li muito a respeito. Fiz um curso da Ala Szerman, que é da técnica Kahuna, a Lomi Lomi pura e mais aplicada no Havaí e em outros países. Com as duas técnicas que aprendi em curso, desenvolvi a minha massagem Lomi Lomi, que tem muito de cada uma. Acabei fazendo uma iniciação científica da massagem, com 22 voluntárias mulheres, de 35 a 50 anos, com vidas estressadas. E a resposta que tive na pesquisa foi muito interessante. Eu observei os aspectos fisiológicos ligados ao estresse e bem-estar, como frequência cardíaca, respiração, pressão arterial, se a voluntária dormia ou não durante a massagem e dados psicológicos de ansiedade. Tudo era feito antes e após a massagem. E eu consegui obter um resultado bem satisfatório: 68% das voluntárias tiveram uma redução alta da ansiedade. Isto comprova o que eu acredito: massagem ajuda e muito a aplacar as tensões do dia a dia.

Lomi Lomi

A técnica havaiana nasceu  como uma massagem de cura para os sacerdotes do país. Era utilizada para equilibrar corpo, mente e espírito. A visão deles se baseava em paz, amor e harmonia entre os seres vivos e a natureza – por isso muitas manobras da Lomi Lomi imitam ondas do mar, vento e “puxam” a energia do céu para quem recebe. A massagem também ajuda a soltar articulações. Mas além disso, a massagem proporciona uma auto-descoberta. Uma forma de se conhecer, assim como a meditação. Ela devolve a energia para as pessoas na rotina. A Lomi Lomi deve ser acompanhada de ritmos étnicos, por isto necessário uma música havaiana que também remeta a dança tradicional: o hula.

Benefícios:

A massagem age no corpo proporcionando benefícios ao sistema linfático, circulatório, respiratório, digestivo e muscular. Uma atenção especial é dada às articulações. No nível intelectual e espiritual, a Lomi Lomi garante relaxamento, agindo no sistema nervoso, combatendo a depressão, o estresse e alguns traumas.

Contra-indicações:

infecções, febre alta, problemas renais, hemorragias, gravidez, traumas, artrite, osteosporose avançada, problemas reumatóides graves.

LiveZilla Live Chat Software