MEI ou Simples nacional: Qual a melhor opção para o seu negócio?

0
148

MEI ou Simples nacional: Qual a melhor opção para o seu negócio?

Se você está a um passo de ter seu próprio negócio, você precisa estar por dentro de algumas informações que são essenciais na hora de empreender. Dentre essas informações, é necessário conhecer alguns conceitos e características de modalidades de tributação. Qualquer empresa para funcionar legalmente, seja ela virtual ou física, precisa ter um CNPJ e recolher alguns tributos. 

Dentre esses tributos, existem os sistemas simples nacional e o Microempreendedor individual (MEI). Veja qual se enquadra mais na sua empresa:

O que é Simples Nacional?

Como já diz o nome, o Simples Nacional é uma modalidade de tributação simplificada. O empresário terá mais tempo livre para cuidar da gestão financeira e administrativa do seu negócio.

A sua maior característica é a facilidade no pagamento dos tributos, gerando uma grande economia com possíveis procedimentos burocráticos e uma maior facilidade para entender todo o relatório contábil e gerenciar os tributos da empresa. O empresário poderá realizar o pagamento de até 8 tributos, usando apenas uma única guia. 

Para uma empresa optar por esse regime de tributação, deve primeiramente entender que para se enquadrar nesse regime, não pode possuir faturamento superior a 3,6 milhões nos últimos 12 meses.

O que é o MEI?

O microempreendedor individual (MEI) foi uma forma ainda mais simplificada, destinado aos empreendedores que não possuem sócios ou participações em outras empresas. Ela foi criada em 2008 pelo Governo Federal, e ajuda os pequenos comércios, profissionais liberais e prestadores de serviços a registrarem seus negócios nos órgãos governamentais, bem como torná-los legítimos diante da Receita Federal, Estados e Municípios.

Para uma empresa ou profissional que opte a esse regime de tributação, o faturamento da empresa não poderá passar de R$ 60.000,00 por ano, sendo este o principal requisito que impede a inscrição de algumas empresas nesse regime.

Qual a principal diferença do Simples Nacional e o MEI?

A principal diferença é que  o  MEI tem o benefício de uma carga tributária fixa e de baixo valor, comparada ao Simples Nacional.

Qual decisão devo tomar?

Agora que você já conhece as principais características e exigências de cada regime, chegou o momento de tomar sua decisão .

Para saber por qual o melhor caminho seguir, é recomendado que você fale com seu contador para que ele possa orientar qual o melhor caminho para seu momento e que fique de acordo com seu  planejamento. 

Para um profissional individual que está iniciando o seu negócio, o melhor regime de tributação é o MEI, pois a empresa poderá disfrutar de uma série de benefícios burocráticos sem muita complicação, como obtenção de CNPJ, a abertura de conta bancária como pessoa jurídica, emissão de notas fiscais, entre outros.

Se sua empresa ultrapassar o limite de faturamento máximo do MEI (R$ 60 Mil) ela poderá se enquadrar no  regime do Simples Nacional, possuindo, então, todas as características dessa modalidade de tributação.

Comentar via Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA